PayU adquire fintech californiana

A compra da Wibmo faz parte da estratégia da empresa de oferecer soluções de pagamento cada vez mais robustas para seus clientes

A PayU, provedora de serviços de pagamentos online e braço da Naspers, anunciou a aquisição da Wibmo. A fintech, com sede em Cupertino, na Califórnia, é líder da indústria em segurança de pagamentos digitais e tecnologias para compras móveis. A compra faz parte da estratégia da empresa de fornecer soluções cada vez mais robustas, combinando seu forte mercado com a liderança em proteção da Wibmo.


A fintech pode ser associada e integrada com bancos em mais de 20 países para oferecer autenticação de pagamentos e direcionamentos para decisões de risco em transações de pagamentos móveis e online. Esta aquisição permitirá a construção de um forte ecossistema digital capaz de harmonizar processamento de transações de ambos os lados, oferecendo uma experiência completa e taxas atrativas.


Além disso, as companhias poderão trabalhar com comerciantes e instituições financeiras para oferecer ferramentas de pagamento direcionadas, utilizando um banco de dados com milhões de consumidores. Isso auxilia também a acelerar o negócio de crédito da PayU, aproveitando big data para aprimorar o sistema de comércios online e off-line parceiros. A Wibmo também construiu e opera uma robusta plataforma para que os bancos aperfeiçoem seus meios de pagamentos móveis. Juntas elas irão fomentar esta ferramenta para associar-se às instituições financeiras, criando um ecossistema completo de comércio e pagamento móvel em múltiplos países.


Para Aakash Moondhra, CFO da PayU Global, a empresa está comprometida em tornar os pagamentos digitais mais simples por meio dos produtos inovadores. “As nossas soluções estão tecnologicamente prontas para o futuro, definindo e reinventando o cenário de pagamentos em todo o mundo, apoiando a transição dos países para uma economia mais digital e sem dinheiro em espécie. Por meio da aquisição, queremos impactar positivamente e adicionar valor a todo ecossistema, incluindo bancos, consumidores e comerciantes, com as ofertas de serviços combinados”, completou.


Govind Setlur, fundador e CEO da Wibmo adicionou, “a PayU evoluiu dentro do complexo cenário de pagamentos para tornar-se um dos maiores processadores online, atendendo a mais de 350 mil comerciantes e estamos empolgados para fazer parte deste próximo capítulo. Ao combinar nossa expertise com a robustez da PayU, estaremos focados em oferecer experiências de pagamentos perfeitas e mais seguras aos consumidores.”


O acordo reúne dois negócios complementares e permite oferecer serviços financeiros inovadores e novas capacidades aos comerciantes e instituições, ajudando-os, assim, a crescer e escalar. Com as diferentes capacidades e posicionamentos na cadeia de valores, os negócios seguirão separados. No entanto, ambos times trabalharão juntos para extrair sinergias e construir soluções de negócios exclusivas para as duas plataformas de tecnologia. Govind Setlur, fundador e CEO na Wibmo, que possui 30 anos de experiência em gestão no Vale do Silício e na Índia, se tornará parte da equipe de liderança da PayU, reportando-se ao CEO da PayU Índia.


A Wibmo continuará a operar e atender todos os seus clientes como uma subsidiária integral da PayU, sob a liderança de Govind. A equipe de especialistas de gestão de tecnologia e pagamentos da fintech também se tornará parte do time da PayU, acrescentando valor ao negócio combinado. Assim, além de auxiliar a Wibmo a escalar seu negócio na Índia, a empresa irá aproveitar sua presença em outros mercados de alto crescimento para impulsionar a expansão do negócio de pagamentos móveis e segurança. A aquisição eleva o investimento em tecnologia financeira da PayU além da marca de US$ 500 milhões, colocando a empresa entre os cinco maiores investidores globais em fintech nos últimos dois anos.